Qual o melhor tratamento para insônia na gravidez?

Apesar de boa parte das gestantes sentir muito sono na gravidez, especialmente, no 1º trimestre, não é raro queixas de insônia.

Insônia não é só a dificuldade em pegar no sono. Também pode se manifestar quando não se mantém o sono, acorda o tempo todo de madrugada sem um motivo aparente, ou acorda antes do horário desejado e com a sensação de sono não reparador.

Sempre que possível deve-se evitar o uso de medicação na gravidez.

Um artigo publicado em 2019 estudou o efeito da terapia cognitivo comportamental (TCC) direcionada para o sono em gestantes.

O resultado foi uma importante redução da intensidade da insônia nessas mulheres e uma taxa de remissão de 64% (isso não é pouco!).

A insônia pode ser sintoma de depressão

No entanto, a insônia pode ser um sintoma de ansiedade e depressão. Nessas situações, além da TCC, o uso de medicações é indicado para uma parcela das gestantes.

Não é novidade que a privação de sono é um fator de risco para depressão ou para a piora dos sintomas depressivos.  Por isso atuar de maneira incisiva para a remissão da insônia reduz a intensidade dos sintomas depressivos.

A TCC utiliza ferramentas como o diário do sono para avaliar os hábitos e a qualidade do sono e assim modificar comportamentos ruins na hora de dormir.

Esse Blog é apenas de carácter informativo e qualquer conduta médica deve ser feita única e exclusivamente por um médico. 

Caso queira entrar em contato, e marcar uma consulta, por favor clique aqui. 

Qual o melhor tratamento para insônia na gravidez?

Deixe uma Mensagem

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: