pediatria e depressao pos parto

Pediatras devem investigar depressão pós-parto

A Associação Americana de Pediatria recomenda que os pediatras investiguem depressão pós-parto, segundo o Guidelines for Health Supervision of Infants, Children, and Adolescents, 4ª edição, que pode ser acessado nesse link.

Pediatras devem avaliar depressão pós-parto no 1º, 2º, 4º e 6º mês do pós-parto usando a escala de depressão pós-parto de Edinburgh – link aqui para a escala.

Mulheres com depressão pós-parto sentem-se triste na maior parte do tempo, sentem pouco ou nenhum prazer na vida, têm crises de choro, falta de energia, alteração do sono e apetite e, em casos mais graves, pensamentos de morte.

Além dos prejuízos para as próprias mães, a depressão pós-parto atinge toda a família.

puérperia

Estresse prolongado afeta o desenvolvimento sócio-emocional das crianças e apresentam risco maior de prejuízo na interação social, atrasos na linguagem e na cognição.

A depressão pós-parto causa prejuízo na maternagem, como:

Por isso é urgente a detecção precoce da doença e os pediatras são os profissionais que estão em maior contato com as mães nesse período.

Esse Blog é apenas de carácter informativo e qualquer conduta médica deve ser feita única e exclusivamente por um médico. 

Clique aqui caso deseje marcar uma consulta.  

Pediatras devem investigar depressão pós-parto

Deixe uma Mensagem

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: