teste depressao EDPS

Teste para Depressão: EPDS

A Depressão Perinatal – aquela que engloba o período gestacional e pós-parto, é dificilmente reconhecida pois os sintomas depressivos se confundem com os sintomas normais desse período, como alteração do padrão de sono, do apetite, mais sensibilidade ou irritação.

Com o intuito de ajudar nessa identificação, foi criada a EPDS – Escala de Depressão Pós-Parto de Edinburgh em 1987 por Cox et al.

Apesar do nome ela também é utilizada para o período gestacional.

Essa escala é auto-aplicável, ou seja, a mulher pode responder sem a ajuda de nenhum profissional de saúde. 

Essa escala não faz diagnóstico de depressão, é só um rastreio, ou seja, as mulheres que tiveram pontuação mais alta, podem estar deprimidas e uma avaliação com o especialista é fundamental.

A pontuação máxima é de 30, e a mínima de 0, num total de 10 perguntas. Quanto mais alta a pontuação, maior a chance de se estar deprimida e maior a necessidade de um médico especialista. 

Faça o teste para depressão EPDS

Se você teve a pouco tempo um bebê, ou está gravida, responda com base nos seus últimos 7 dias, não apenas em como está hoje: 

Eu tenho sido capaz de rir e achar graça das coisas

As demais perguntas (10 no  total) irão aparecer conforme suas respostas, e o seu resultado aparecerá no final. 

Quanto mais próxima da pontuação  30, maior a probabilidade de se estar deprimida e maior é a indicação de se buscar ajuda médica. 

Alguns estudos consideram que a partir de 10 pontos já é indicado buscar ajuda médica.

Esse Blog é apenas de carácter informativo e qualquer conduta médica deve ser feita única e exclusivamente por um médico. 

Clique aqui caso deseje marcar uma consulta.  

Teste para Depressão Perinatal – EPDS

Deixe uma Mensagem

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: