psicose

O que é psicose puerperal?

A psicose puerperal é uma condição psiquiátrica grave mas, felizmente rara e acomete de 0,1% a 0,2% das puérperas, segundo estudo do Women’s Mental Health.

Normalmente, ocorre no 1º mês do pós-parto, especialmente nos primeiros dias, e pode ser em decorrência de condições clínicas, como infecções, doenças autoimunes, encefalites e erros do metabolismo. Por isso, que é fundamental uma investigação clínica minuciosa para a exclusão de causas orgânicas.

O pós-parto é um período de vulnerabilidade e mais propício a deflagar transtornos mentais em mulheres predispostas. Nesse período a chance de apresentar psicose chega a ser 23 vezes maior do que em outra fase da vida.

Os sintomas incluem insônia, alterações do comportamento, agitação ou lentificação, fala desorganizada, dizer “coisas sem sentido”, agressividade, delírios e pensamentos obsessivos relacionados à criança.

Nem todos os sintomas precisam estar presentes.

Mulheres com psicose puerperal têm maior de risco de cometer suicídio e infanticídio, por isso, se trata de uma condição grave e potencialmente fatal e, normalmente, é indicado internação hospitalar.

Em comparação com as outras doenças psicóticas, a psicose puerperal tende a ter menor duração.

Mães que apresentaram psicose puerperal tem 50% a 80% de chance de apresentar outro episódio psicótico ao longo da vida e ter o diagnóstico de transtorno afetivo bipolar. Cerca de 20% a 50% dessas mulheres só terão este único episódio psicótico ao longo da vida.

Os principais fatores de risco são história prévia de transtorno afetivo bipolar e/ou transtornos psicóticos antes da gestação. Para essas mulheres é indicado o tratamento profilático na gestação com o intuito de prevenir a psicose puerperal.

Importante ter em mente que existe tratamento compatível para essa fase da vida e que a escolha do melhor método sempre vai se basear no risco da doença versus o risco da medicação.

Esse Blog é apenas de carácter informativo e qualquer conduta médica deve ser feita única e exclusivamente por um médico. 

Clique aqui caso deseje marcar uma consulta.  

Psicose Puerperal

Deixe uma Mensagem

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: