depressao amamentacao

A depressão pós-parto prejudica a amamentação?

A depressão pós-parto é a principal complicação obstétrica no puerpério, sendo o suicídio, a principal causa de morte materna.

Mães deprimidas têm mais dificuldade em cuidar e vincular com o bebê que tendem a ser mais irritados e chorosos e com mais dificuldade para dormir.

A amamentação é brutalmente afetada nessas condições.

A amamentação é muito importante tanto para a mãe quanto para o bebê. Reduz a chance de câncer de mama e ovário, protege os bebês de infecções, reduz chance de morte súbita, diabetes mellitus e melhora o desempenho cognitivo.

Além de ajudar a criar vínculo entre a mãe e o filho que é fundamental para o bom desenvolvimento físico e mental das crianças.

depressao pos parto mae e bebe

Mulheres que tiveram depressão na gravidez ou no pós-parto costumam amamentar por menos tempo em comparação com as mães que não tiveram depressão, segundo estudo publicado.

Elas têm mais dificuldades em iniciar a amamentação também.

Os principais motivos para a interrupção da amamentação entre as mulheres deprimidas são: falta de leite, exaustão, dor, falta de confiança em amamentar, mais cobrança familiar para interromper a amamentação e menos suporte social.

Outro dado importante é que mulheres que amamentaram por mais de 3 meses tiveram menos sintomas depressivos.

Não dá pra saber se a depressão causou a dificuldade na amamentação ou se o fracasso da amamentação causou a depressão. Muito provavelmente, as duas condições.

Mães deprimidas têm menos contato pele a pele com os bebês, interagem menos e posicionam de forma errada o bebê no momento da mamada. Esses fatores são fundamentais para a produção de ocitocina e prolactina que são hormônios fundamentais para promover a amamentação. 

Por outro lado, bebês que têm dificuldade na amamentação sugam menos, dorme mal e ficam a maior parte do tempo no peito. Rapidamente as mães ficam exaustas e preocupadas com o desenvolvimento e ganho de peso da criança que também são fatores de risco para o desenvolvimento de depressão e ansiedade.

As mãe sentem-se muito culpadas e frustradas com as dificuldades e fracasso da amamentação e evitam a falar dos seus sintomas depressivos por medo do julgamento e críticas que receberão.

Esse Blog é apenas de carácter informativo e qualquer conduta médica deve ser feita única e exclusivamente por um médico. 

Clique aqui caso deseje marcar uma consulta. 

A depressão pós-parto prejudica a amamentação?

Deixe uma Mensagem

Rolar para o topo
%d blogueiros gostam disto: